sábado, setembro 27, 2008

GIRABOLA'2008

SANTOS vence LIBOLO
e INTERCLUBE empata com 1.º DE MAIO

Prosseguiu esta tarde a disputa da 22ª jornada do GIRABOLA’2008, com o jogo entre o Santos e o Recreativo do Libolo, que terminou com a vitória do Santos por 1-0, resultado que contraria a maioria das previsões e que, coloca ambos na terceira posição da geral, com 37 pontos.

Outros resultados:
1.º de Agosto, 1 – Benfica de Luanda, 1
Benfica do Lubango, 1 – Bravos do Maqui, 0
InterClube, 1 – 1.º Maio de Benguela,
1

Esta jornada completa-se, amanhã e segunda-feira, com o seguinte calendário:
PETRO DE LUANDA x Kabuscorp Palanca; ASA x Petro do Huambo; Desportivo da Huila x Sagrada Esperança.

O Petro de Luanda comanda a classificação-geral com 48 pontos, seguido do 1.º de Agosto com 42 e do Santos e Libolo, ambos com 37, na terceira posição.

Coisas...

ANA PAULA TABALIPA,
a maria-bombeiro (ou seria maria-mangueira?) Raíssa da novela Chamas da Vida, é a estrela do ensaio de capa da edição de outubro da revista Playboy.
FELIZ SEMANA, COM TUDO DE BOM PARA TODOS VÓS
- Fonte: POLTRONA Foto: Playboy

sexta-feira, setembro 26, 2008

ANGOLA


SÓ QUEM TEVE NOBRES OPORTUNIDADES DE ACOMPANHAR O DESENVOLVIMENTO DA RÁDIO ANGOLANA, APÓS O 11 DE NOVEMBRO DE 1975, poderá SABER ENTENDER E AVALIAR O QUANTO É GRATO PARA O POVO ANGOLANO, FESTEJAR ESTE DIA. POR CERTO, MUITO DA LUTA TRAVADA SERÁ ESQUECIDA... mas OS FACTOS SÃO ETERNAMENTE VERDADEIROS PARA QUE SE MARGINALIZEM DA HISTÓRIA DA RÁDIO NACIONAL DE ANGOLA. PARABÉNS!

AMÉRICA

Do mal e pior



Mais um banco quebra
nos Estados Unidos
- Fonte: BOM DIA BRASIL -
O plano até agora não passou. A economia americana está em perigo. O partido do presidente Bush atrapalhou tudo. A disputa eleitoral provocou um impasse político.<
LEIA O COMPLEMENTO DA NOTÍCIA AQUI


TASHA
CANTORA ANGOLANA
no
FESTIVAL DE CULTURA D'ÁFRICA
(Fonte: Angola Press - Editado por AD

A cantora angolana Esperança Rodrigues “Tasha” animou recentemente o Festival internacional de Cultura da África contemporânea a decorrer em Roma, com música e dança angolanas, inserido na sua sétima edição denominado “Festa d’África - Festival 2008", lê-se numa nota da embaixada de Angola na Itália.
O espectáculo da ‘Tasha’, muito aplaudido pela plateia, foi acompanhado pelo grupo de dança da Embaixada de Angola na Itália “Raízes de Angola”.Tasha Rodrigues, seu nome artístico, que cantou em kimbundu, português e italiano, faz parte do “Balletto Tradizionale d’Angola” e do grupo de dança afro designado “African Dream Ballet”, utilizando a “World Music” que engloba vários tipos de música no mundo, independentemente das suas fronteiras.Radicada na Itália desde os anos 90, Tasha, nascida na província de Malanje, associou-se aos músicos da Costa do Marfim, Itália e Inglaterra, sendo hoje a única angolana que sobresai na música da terra (Angola) com objectivo de dar a conhecer a cultura nacional em Itália.O primeiro trabalho discográfico da cantora, “Take my hand”, um álbum de sons e ritmos “soul-afro-dance”, evidencia o refinado dote da sua voz o que faz dela uma extraordinária intérprete.Depois do sucesso de “kyri kyri” (2004), e do lançamento em 2007 do album “Tirando Pedras”, Tasha iniciou uma série de concertos em Angola, Portugal, França, Reino Unido e Itália, tendo, neste mesmo ano, arrebatado o prémio “multi-étnico” de melhor cantora africana atribuído pela comuna de Roma.De 2002 a 2005 participou no programa televisivo “Alle falde del Kilimangiaro” da Raitre com os estilos “World Music” e o tradicional angolano.A sétima edição Festa d’Africa, Festival internacional de Cultura da África contemporânea 2008, decorreu de 06 a 21 de Setembro no Teatro Palladium de Roma, com o patrocínio da comuna de Roma, do Presidente da Republica Italiana, Giorgio Napolitano, e de embaixadas africanas, entre elas a de Angola.
O festival compreende, para além da música e dança, teatro, cinema e conferências sobre a diáspora africana em Itália.

quinta-feira, setembro 25, 2008


Letra COMO QUEM NÃO QUER A COISA ... O jornal “Record” (Lisboa), recentemente, publicou uma entrevista com o treinador do Atlético Sport Aviação (ASA), Manuel Fernandes, concedida a João Pedro Abecassis, na qual um assunto bastante melindroso foi focado sobre o futebol angolano.
E ... a propósito o entrevistador quis saber como iam as coisas no ASA. O conhecido técnico, falou com muito entusiasmo, considerou que o ASA é uma equipa totalmente transformada, apostando na formação e nesta altura 40% da equipa é oriunda da formação.
E, em jeito de previsão disse que “após a próxima edição da CAN, em 2010, Angola vai tornar-se uma das maiores potências futebolísticas de África”. Eu acrescento: Um elogio aos enorme potencial que os angolanos cultivam, desde os meios citadinos aos rurais, dos centros aos mussekes... uma realidade que há mais de 50 anos todos os angolanos ligados ao desporto, conhecem esse potencial... lembra-se do Campeonato dos Caçulinhas da Bola e dos Kabonguinhas, em Luanda e no Huambo?

Photobucket

(CAÇULINHA DA BOLA )

Que a Rádio Nacional do tempo do Rui Carvalho idealizou e lançou?
Bem... são factos que os de boa memória não esqueceram de certeza. Agora, o remate que é um alerta. Manuel Fernandes indagado se já tinha indicado algum jovem ao Sporting de Portugal – seu clube do coração -, disse, textualmente:
“Estou a prepará-los para poderem vir a jogar no Sporting. Dentro de um ou dois anos, não me admiro de ver alguns destes miúdos a jogar na Europa”.
Dá vontade de perguntar:
- Oh Manel, afinal estás a renovar o ASA e a preparar uma equipa angolana, ou estás a preparar na formação do ASA os futuros jogadores do teu Sporting?
Por estas e outras que nós conhecemos é que, ao longo de anos e anos, no tempo do jugo colonial, o desporto angolano não conquistou o tal direito que vai conquistar após a organização do CAN’2010. Os Dinizes “brinca na areia”, os Chicos Negritas, os Mendonças, Saavedras, Yaucas ... os Abel Campos e tantos outros... em tempo de opressão não escaparam à sangria, mas, eu penso que em tempo de valorização da Nação Angolana, a todos os níveis, para os atletas angolanos serem, de facto, a razão de uma promissora potência futebolística... quantos estão engajados no sector e na política desportiva angolana, têm que pensar e repensar nas formas de preservar os seus valores desportivos.
Quantas vezes, tu e eu, nos olhamos e sem uma palavra pronunciarmos, sorrimos e entendemos nossos olhares. Foi como se o Mundo abrisse suas portas, para nós dois entrarmos, numa sem conta de existência improvável ou impossível. Aconteceu somente e, agora, temos de viver o quanto esse olhar nos proporcionou. A felicidade que buscámos... encontrámos e vamos conservar, cultivar e segurar para sempre... porque onde estamos, não há saídas.

quarta-feira, setembro 24, 2008

Girabola' 2008

PETRO DE LUANDA
Comanda com vantagem
PRIMEIRO DE AGOSTO
derrotado na Huila


Mal vão as coisas para algumas das equipas tradicionalmente competitivas na conquista do título, entre as quais o ASA e os INTERCLUBE – campeão em título -, ambas orientadas pelos técnicos tugas, Manuel Fernandes e Inácio, respectivamente.

Nos lugares do topo, registe-se as cotações do Recreativo do Libolo que foi à Lunda vencer um dos detentores de título no GIRABOLA, o Sagrada Esperança, e do Santos.
O Petro de Luanda e o Primeiro de Agosto, também com treinadores tugas, Pedroto e Vítor Manuel, correm pelo título estando o emblema patrocinado pela Sonangol em vantagem e ainda com menos um jogo, está firme no comando, enquanto o patrocinado pelas Forças Armadas, perdeu dois pontos na Huila, em jogo de “favas contadas” com um dos que estão na zona de despromoção, o Desportivo da Huila.
E, agora, é esperar pelo que resta disputar... futuro que reúne fracas perspectivas para os “perseguidores”, onde apenas acredito na prestação do Recreativo do Libolo, um clube que luta, em bases profissionais, para conquistar posição bem mais de harmonia com o potencial do seu plantel.
Carlos Pereira

carlospereirangola@gmail.com

RESULTADOS

Benfica de Luanda - Benfica do Lubango 3-2
Sagrada Esperança - Recreativo do Libolo 0-1
Petro do Huambo - Santos 1-2
Desportivo da Huíla - 1º de Agosto 0-0
Bravos do Maquis - Kabuscorp 2-1
1º de Maio - ASA 1-0
CLASSIFICAÇÃO GERAL
1.º Petro de Luanda, 20 jogos / 45 Pontos
2. º 1º de Agosto, 21/41
3.º Recreativo do Libolo, 21/37
4.º Santos , 21/34
5.º Benfica de Luanda, 21/32
6.º 1º de Maio, 21/29
7.º ASA, 21/28
8.º FC Bravos, 21/26
9.º Interclube, 20/24
10.º Sagrada Esperança, 21/23
11.º Petro do Huambo, 21/21
12.º Desportivo da Huíla, 21/21
13.º Kabuscorp do Palanca, 21/18
14.º Benfica do Lubango, 21/16
ULTIMA HORA:- O Petro de Luanda aumentou para sete pontos a diferença para com o segundo classificado, Primeiro de Agosto, mercê da vitória hoje, na Cidadela de Luanda, frente ao Interclube, por 3-1, no fecho da 21ª jornada do Girabola'2008.

domingo, setembro 21, 2008


Beleza, Paz e Amor.
Tudo numa trilogia de bem estar na vida,
Momentos em que transcendemos
Somos humanos e aceitamos
Instintos
Quereres inúteis, mas belos de recordações de loucos
Ao lado da natureza que nos propicia odores de jasmim,
Terra molhada da chuva que nos molhou o cabelo a pingar,
Existência de estar onde sonhamos ontem para hoje gritar:
AMOR, AMOR AMOR.
Sem chamar pelo nome,
PARA QUÊ?
Estaria descriminando sentimentos de uma pureza ímpar
Que se oferece a todos os momentos
A quem o merece, tenha o nome que tiver.
Tereza, Karol, Cristina, Pearl
O amor que invade os corpos imunes de pureza
Ansiosos e abertos à entrega total
Sem olhar mais ao que seja
Simplesmente ... seja o que Deus quiser.

=============================
Bem ao ritmo que faz correr o pingo de suor,
Disfarçando lágrima de amor,
Ouvi e gostei, adorei e me vi dançando com meus amores.
===========================================
CLIQUE AQUI E VAMOS DANÇAR
==========================================
Depois aí mesmo, fique e divirta-se ouvindo o que de melhor
ZOUK LOVE OFERECE SEM TROCA.
BOM FIM DE SEMANA

sexta-feira, setembro 19, 2008

LUANDA MODERNA

Engenharia/Soares da Costa a construção de um empreendimento para habitação e serviços na marginal de Luanda. Orçada em 91 milhões de euros, é considerada a maior obra de construção civil da capital angolana. A empreitada, já em execução, compreende a edificação de uma torre de 18 pisos para serviços, outra com 15 andares para habitação e inclui cinco pisos para parqueamento.
A obra encontra-se na fase de conclusão das fundações indirectas/início da escavação, vai empregar 42.000 m3 de betão e mais de 4.600 toneladas de aço.<hr>
Ordenamento da Baía
avança em Dezembro
A construção das principais infra-estruturas sociais do projecto de requalificação e reordenamento urbano da Marginal de Luanda, avaliada em 2,13 biliões de dólares, começa em Dezembro deste ano, soube ontem a Angop.Segundo a coordenadora do projecto, Catarina Sierra, o concurso internacional para a edificação da habitação, escritórios, comércio, hotéis, áreas turísticas e de lazer está já concluído. Neste momento, de acordo com ela, os trabalhos de limpeza ambiental da baía, numa área de 18 mil metros quadrados, encontram- -se na fase final. Aprovado em Setembro de 2007 pelo Conselho de Ministros, o projecto Baía de Luanda visa a construção de obras públicas e privadas ao longo de toda a zona marginal da Avenida 4 de Fevereiro, com medidas rigorosas de protecção do ambiente. Desde o início da obra (7 de Novembro), o “Projecto Baía” cumpriu já três fases, nomeadamente abertura do canal e constituição do aterro no prolongamento do Largo 17 de Setembro, recuperação e limpeza das estações de bombagem e do sistema de recolha de esgotos da Marginal, bem como os trabalhos de dragagem e aterro do local. A parte referente à construção de obras públicas, sem ónus para o Estado, está orçada em 113,6 milhões de dólares, que é o montante dos fundos próprios a serem suportados pelo investidor. A fiscalização do projecto está a cargo da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP), Banco Nacional de Angola, ministérios das Obras Públicas e do Urbanismo e Ambiente e Governo Provincial de Luanda. Catarina Sierra revelou igualmente que o projecto é considerado inovador porque vai permitir à Marginal ter a sua actividade acrescida e suprir, na capital, a demanda de espaços imobiliários de alto nível. Financiada mediante empréstimos bancários, a empreitada, segundo a fonte, resume-se na abertura de novos parques de estacionamento com capacidade para mil e 600 viaturas, criação de espaços públicos de lazer, com áreas ajardinadas e arborizadas, bem como a recuperação das fachadas de alguns edifícios da Avenida Marginal e o seu arranjo paisagístico. No tocante às obras privadas, reafirmou estar prevista a construção de duas torres (uma com 37 pisos e outra com 24) para escritórios, comércio e habitação e outros dois edifícios para múltiplas funções, como hotel e centro de convenções, numa área de 122 mil e 581 metros quadrados.Prevê-se também a edificação de espaços para habitação, escritórios, comércio e empreendimentos hoteleiros, turísticos e de lazer na Ilha do Cabo, em terreno maioritariamente a ser conquistado à baía, num total de 965 mil e 729 de metros quadrados.

quinta-feira, setembro 18, 2008

Uma
tentação...

RECORTE DE ANÚNCIO PUBLICADO
NUM JORNAL REGIONAL DO BRASIL.


Liga Campeões

FC PORTO VENCE FENERBAHÇE
E CONVENCE ...

Os campeões nacionais, ontem, deram aos seus adeptos e a milhares de telespectadores, a certeza de que apenas foi o principio de uma competição onde não há vencedores antecipados e onde para se vencer é preciso correr, defender e atacar. Sem tremideiras - pese embora um período em que os golos fáceis não se concretizaram e geraram uma certa desconcentração -, os "dragões", com os saberes de Jesualdo Ferreira e com os inconfundíveis argentinos Lucho e Licha, agregados ao ou outro L de Lino, mandaram os turcos para casa de mala cheia... a agradecer a Deus não terem levado uma goleada.


Lançado dicionário
audiovisual em português

Governo angolano
investe cerca de 530 mil dólares

Um dicionário em Língua Portuguesa destinado a pessoas surdas e mudas será lançado brevemente em Luanda, pela Embaixada da Itália em Angola.De acordo com um documento daquela representação diplomática distribuído à Angop, o lançamento do dicionário é uma componente de um projecto do governo italiano denominado “Crianças vulneráveis”.O referido projecto dividiu-se em três fases, sendo a primeira a da “Política de integração”, a segunda de “Formação de professores” e a fase em curso de “Implementação da língua gestual”. “Crianças vulneráveis” é um programa executado pelo Ministério Angolano da Educação, através da Direcção Nacional do Ensino Especial, e monitorado pela Unesco. O mesmo está orçado em 524 mil e 836 dólares.

segunda-feira, setembro 15, 2008


FUTEBOL - Angola vence Botswana em sub-17 - A selecção angolana de sub-17 derrotou ontem, domingo, no Estádio da Cidadela, em Luanda, a representação do Botswana, por 2-0, em jogo da primeira mão das eliminatórias de acesso ao Campeonato Africano das Nações em futebol (CAN'2009), na Argélia. GIRABOLA'2008 - O Petro de Luanda (Pedroto) e o ASA (Manuel Fernandes) empataram a uma bola, na jornada 20, ontem realizada em Luanda. A equipa dos petróleos lidera o campeonato com 45 pontos, mais cinco que o 1º de Agosto, segundo, enquanto o ASA, com 28, ocupa o sexto lugar. O Benfica do Lubango é o último com 16 pontos.

sábado, setembro 13, 2008

MODELO

Kizomba

Sábado, depois de sexta e antes de domingo é para intercalar Kizomba.
Deixa aí o copo, pega na miuda de Kassualala e bate o pé... ressalta na hora e ao compasso para amanhã, quando acordares... pedires mouzungué. Vai... aproveita aí a música e se queres "kizombar" bem vê primeiro como é que os Reis fazem...
ou se quiseres mais... vê o espectáculo
AFRICADANCAR
AQUI
Paralímpicos
LUCAS PRADO
segue rota de
JOSÉ SOYOVO

JOSÉ SOYOVO e LUCAS PRADO em cena real

O novo recordista paralímpico dos 100 metros (11 segundos e três décimos), o brasileiro LUCAS PRADO, afirmou ontem, em Pequim, que se inspirou no angolano JOSÉ ARMANDO SOYOVO para a prática de atletismo para deficientes.Em declarações à Angop, o novo “patrão” da velocidade nos 100 metros referiu que ouviu pela primeira vez o seu ídolo pela televisão e rádios no Brasil, quando conquistou as três medalhas de ouro nos Jogos de Atenas em 2004, tendo ficado maravilhado e decidido, na altura, que seguiria as suas peugadas.Lucas Prado revelou que sempre trabalhou a condição físico-atlética, pensando que um dia se tornaria numa grande referência do atletismo adaptado mundial como José Sayovo, acrescentando que nutre respeito e admiração pelo angolano.“Sempre que estou numa competição mundial, a minha maior satisfação é correr ao lado de Sayovo. E normalmente quando ele não se faz presente a minha motivação não é a mesma”, frisou. Quanto à competição paralímpica que se disputa em Pequim desde sábado último, Lucas Prado referiu que decorre de forma equilibrada e que o seu grande adversário é mesmo José Sayovo, que continua rápido, apesar dos 35 anos de idade.De 23 anos de idade, o brasileiro adquiriu a deficiência devido a um acidente de viação. Explicou que a primeira vez que defrontou Sayovo foi em 2006 no Campeonato do Mundo de Assen, Holanda, onde perdeu nos 400 metros, depois de uma recuperação do angolano que havia caído na pista.

sexta-feira, setembro 12, 2008

Videos




video

quinta-feira, setembro 11, 2008

Efeméride


Dia do
HEROI NACIONAL
Homenagem
CRIANÇAS JOGAM XADREZ


(Foto retirada da Internet -
AGOSTINHO NETO E A ESPOSA EUGÉNIA NETO,
algures nos matos angolanos,
em tempo de luta pela independência)


A Fundação António Agostinho Neto realiza sábado, no Largo da Independência em Luanda, no âmbito das comemorações de 17 de Setembro, DIA DO HEROI NACIONAL, um torneio instantâneo de xadrez.
Esta actividade desportiva vai congregar cerca de cem crianças eparticiparão também três Mestres Internacionais angolanos.O torneio decorrerá sob orientação técnica do Sport Clube Macovi.
Agostinho Neto foi o primeiro Presidente da República de Angola e o fundador da Nação Angolana. Em sua homenagem, criou-se a fundação, dirigida pela sua esposa Maria Eugénia Neto.

Dizer as verdades
à MODA DO MWANGOLÉ


SABER DEMOCRACIA
Posted: 10 Sep 2008 02:44 AM CDT
em "Pensar e falar Angola"
Texto: FIGUEIREDO FERNANDES
Pois é. Estava eu na disposição de nem sequer comentar as eleições em Angola por pensar que há, neste Planeta global, muitos mais críticos com disponibilidade para o fazerem do que este comum dos mortais. No entanto como homem nascido no Huambo, amando o meu País, tendo Angola como minha eterna namorada não podia deixar em claro tão importante acontecimento e as consequentes declarações que alguns produziram a seguir.
Não vou perder tempo com a verborreia de discurso de um senhor João Soares, inimigo de Angola há muito tempo, mau perdedor, e que penso há muito deveria estar afastado de cena política. Não conseguindo convencer os portugueses pensa que consegue enganar os angolanos e há anos que vem somando dissabores pois os galos que vai encontrando pelo caminho voam baixinhino e, por vezes, muito baixo, deixando esta figura mascarada de democrata, servindo-se do nome do pápá, numa triste situação de perdedor militante. Se tivesse um pingo de vergonha dedicava-se a coleccionar selos de povoamento das antigas colónias portuguesas.
Descanse Dr. João Soares e aproveite para relaxar.
O que me leva a mostrar a minha indignação sobre este tempo terá que estar relacionado com os imensos debates que se foram produzindo em alguns órgãos de comunicação social de Portugal e que me deixaram a olhar o céu. Não andando distraído, sabendo que o grupo Balsemão não morre de amores por Angola, penso que houve momentos de "glória" nos comentários e análises que se foram produzindo. A mais ridícula, hilariante e intelectualmente desonesta surgiu de um homem do Huambo, escritor e com ideias de grande pensador, José Eduardo Agualusa. Os comentários que foi produzindo na SIC Notícias são de levar às lágrimas. Este jovem turco não se coibiu, perante toda a realidade, dizendo-se "conhecedor" da realidade angolana e até da corrupção, de afirmar que não se sabia quem ía ganhar as eleições em Angola e que se esperava uma grande surpresa. E a partir daqui foi um chorrilho de asneiras com ataques ao Governo e ao partido maioritário, como se o Governo de Angola e o MPLA lhe devessem alguma coisa. Só faltou falar de novo de Agostinho Neto. O homem não anda distraído, é mal intensionado e de Angola percebe o que vai lendo e "olhando". O Governo de Angola e o MPLA precisam de uma boa dose de paciência para ir aturando os carregamentos de Água do Luso que lhe vão colocando nas fronteiras. Estava na altura de os angolanos também terem uma grande dose de paciência, como o fizeram no dia das eleições, esperando ordeiramente, civicamente, democraticamente, apesar das faltas e dos erros das entidades eleitorais, para deixarem de dar a ganhar a estes jovens eduardos milhares de kwanzas que eles depois esbanjam na Europa a produzirem lixo.
Não devo deixar passar em claro as contradições, as asneiras e a falta de pensamento político e de análise da representante europeia às eleições angolanas, da deputada portuguesa Ana Gomes (já terá provado em Portugal quantos voos da CIA utilizaram o espaço aéreo português na guerra do Golfo?), e de muitos outros velhos do Restelo que continuam a olhar para Angola com os olhos do paternalismo para não lhe chamar um nome que na minha adolescência se utilizava muito a este tipo de atitude, NEOCOLONIALISMO.
Perante África e o Mundo, Angola deu uma lição de saber estar, saber fazer e saber democracia. Assim o grande vencedor das eleições angolanas, o MPLA, saiba tirar partido da confiança que o povo angolano lhe colocou nas mãos. Os meus parabéns aos outros partidos angolanos, incluindo a
UNITA (que diferença de posicionamente relativamente a tempos anteriores!), que souberam colocar os interesses eleitorais acima dos interesses individuais a favor da PAZ



quarta-feira, setembro 10, 2008

Fernando Fragoso Correia
enviou ESTA NOTÍCIA para MEUS ESCAPES

Comentário do remetente:

LEIA E DE UMA VEZ POR TODAS GANHE CONSCIÊNCIA DA REALIDADE ANGOLANA. O tal "país governado por criminosos", onde a "fome é gritante", imagine-se, fez eleições e o MPLA VENCEU, eleito pelas vítimas e pelos esfomeados... Os "vende pátria" já não têm mais argumentos depois desta retumbante vitória: SIC,PÚBLICO, EXPRESSO e seus apaniguados jornalistas... ficaram a roer as unhas...

África 21 - DF
08/09/2008 - 20:30

Eleições

Oposição reconhece vitória do MPLA
e União Européia elogia o pleito

Inicialmente, a oposição havia apontado graves irregularidades e exigido a repetição do pleito, algo que a comissão eleitoral rejeitou por falta de provas de irregularidades.

Da Redação com agências internacionais

Luanda - A Unita (União Nacional pela Independência Total da Angola, maior partido da oposição) reconheceu nessa segunda-feira, 8, a ampla vitória do MPLA nas eleições parlamentares da semana passada.

Inicialmente, a oposição havia apontado graves irregularidades e exigido a repetição do pleito, algo que a comissão eleitoral rejeitou por falta de provas de irregularidades.

A missão de observação eleitoral da União Européia declarou nessa segunda-feira em Luanda que as eleições parlamentares celebradas na sexta e no sábado passado em Angola foram "livres e transparentes" e ocorreram sem registro de violência ou de intimidações.

O MPLA (Movimento Popular para a Libertação de Angola) governa o país há 33 anos, desde o fim do colonialismo português. A última eleição aconteceu em 1992, e este é o primeiro pleito desde o fim da guerra civil, em 2002.

"A liderança da Unita aceita os resultados da eleição e congratula o MPLA", disse o dirigente Isaías Samakuva.

Com mais de 80 por cento dos votos apurados, o MPLA lidera com cerca de 82 por cento, contra apenas 10 por cento para a ex-guerrilha Unita.

O MPLA lidera em todas as 18 províncias e tem chance de conseguir uma bancada de pelo menos 77 dos 220 deputados, o que lhe permite alterar a Constituição.
Leia mais e entenda a verdade angolana. Atente na opinião internacional generalisada.

O Interclube derrotou ontem o Bravos do Maquis, por 1-0, no Estádio 22 de Junho, na abertura da vigésima jornada do Girabola'2008, cujas atenções recaem para os jogos ASA - Petro de Luanda e o 1º de Agosto - Sagrada Esperança.

Artigo Expresso, enviado por ema@hotmail.com.


Poderá ler o artigo no seu formato original em:
http://aeiou.expresso.pt/gen.pl?p=stories&op=view&fokey=ex.stories/402801
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Angola/Eleições:
MPLA faz declaração de vitória
e garante que vai cumprir programa eleitoral

Luanda, 10 Set (Lusa) - O MPLA fez hoje a sua declaração de vitória nas eleições legislativas de sexta-feira, afirmando que "o povo angolano exprimiu livremente" a sua vontade e garantindo que vai cumprir o programa de Governo que apresentou.

Luanda, 10 Set (Lusa) - O MPLA fez hoje a sua declaração de vitória nas eleições legislativas de sexta-feira, afirmando que "o povo angolano exprimiu livremente" a sua vontade e garantindo que vai cumprir o programa de Governo que apresentou.
Esta declaração, emitida pelo bureau político do MPLA e lida pelo seu vice-presidente Pitra Neto, refere também que o povo angolano "elegeu democraticamente" o MPLA para formar Governo e aponta a garantia do partido de que vai continuar "energicamente empenhado na realização de programa de Governo que submeteu ao voto popular".
A leitura do texto surge cinco dias após a realização do escrutínio em Angola, menos de 24 horas depois de a Comissão Nacional Eleitoral ter divulgado os últimos resultados provisórios, segundo os quais o MPLA mantinha uma liderança folgada de mais de 80 por cento dos votos contados contra os cerca de 10 por cento do principal partido da oposição, a UNITA.

Histórico!
Hegemonia
MPLA








COMENTÁRIOS?
SERÁ MESMO PRECISO ? ...
SERÁ QUE FICARAM CONVENCIDOS ?
DE UMA VEZ POR TODAS ?



domingo, setembro 07, 2008

A SEMANA ONLINE:
vous a envoyé un article




O MPLA lidera, com mais de 80 por cento, a contagem dos votos nas eleições legislativas de sexta-feira. A UNITA, o segundo partido mais votado, perde mesmo no Huambo, na Huíla e no Bié, províncias tidas no passado como seu bastião politico.

De acordo com a Angop, o MPLA vai na frente da contagem de votos das legislativas de sexta-feira, com 2.532.282 (81,65 porcento), conforme projecção de resultados provisórios de hoje, domingo, contra 329.505 (10,59 porcento) da UNITA. Estes dados, diz aquela agência, foram colhidos até às 07h45 locais e ao longo do dia serão actualizados, com tudo a apontar para uma clara vitória do MPLA.

Nos primeiros resultados provisórios apresentados às zero horas deste domingo, o MPLA obteve um milhão 738 mil 208 votos (81,73 porcento), a UNITA - 223 mil 939 votos (10,53 porcento), PRS 66 mil 147 votos (3,11 porcento) e FNLA - 24 mil 525 votos (1,15 porcento).

E, ao que tudo indica, a possibilidade de haver a repetição das eleições em Luanda, devido à desorganização que se verificou na sexta-feira neste que é o principal círculo eleitoral de Angola, conforme reclamação da UNITA e outros partidos da oposição, está descartada. A ideia é refutada por vários sectores da sociedade angolana, para quem os problemas surgidos na sexta-feira foram corrigidos com o “prolongamento” da votação ontem, sábado, conforme o previsto pela lei.



Oiça...
Canção para Angola



sábado, setembro 06, 2008

Golos INCRÍVEIS



video

JOÃO MELO, filho de um dos nomes inesquecíveis da revolução do povo angolano ao lado do seu braço armado o MPLA, jornalista de mérito, assim como treinador do "Catetão", ele mostra bem os valores herdados de seu Pai:
ANÍBAL DE MELO.
Sobre as eleições e a falha em Luanda, ontem, nas primeiras horas, são por ele analisadas em
ÁFRICA'21
As eleições de 5 de Setembro em Angola decorreram de maneira praticamente irrepreensível, mas, em Luanda, problemas logísticos impediram a conclusão do processo. A Comissão Nacional Eleitoral decidiu, de acordo com a lei, prolongar a votação em 320 assembleias de voto durante este sábado.
LEIA MAIS AQUI

sexta-feira, setembro 05, 2008

Ex-dirigente da Unita
Fátima Roque
diz que vai votar no MPLA

A economista fez essa declaração à reportagem da Televisão Pública de Angola (TPA), à margem do comício de encerramento da campanha eleitoral do MPLA, realizado quarta-feira, 3, em Luanda.
Carlos Severino, Revista África 21Luanda - A economista Fátima Roque, uma das mais importantes dirigentes da UNITA até muito recentemente, disse que vai votar no MPLA nas eleições legislativas desta sexta-feira, 5 de Setembro.Ela fez essa declaração à reportagem da Televisão Pública de Angola (TPA), à margem do comício de encerramento da campanha eleitoral do MPLA, realizado quarta-feira, 3, em Luanda.Fátima Roque, que era amiga pessoal do ex-líder da UNITA, Jonas Savimbi, chegou a pertencer ao Comité Político Permanente da organização. Antes da eleição de 1992, era cotada como possível ministra da Economia de Angola, caso a UNITA vencesse a disputa, que acabou por perder para o MPLA. Ela foi casada com o banqueiro Horácio Roque, do Banif, que foi um dos principais financiadores da UNITA durante a guerra contra o governo angolano.Durante este mês de campanha, terminada, quarta-feira, perto de um milhar de militantes e outras figuras da UNITA aderiram ao MPLA ou apelaram ao voto no partido no poder, em todo o país. Entre eles, contam-se responsáveis do partido, deputados, vice-ministros e administradores municipais e comunais.Antes de Fátima Roque, outra figura de destaque da UNITA que já tinha apelado ao voto no MPLA tinha sido o deputado Jorge Valentim, um dos co-fundadores da organização, muito influente na área do Lobito e Benguela.Pesquisas referidas há dias pelo portal brasileiro Portugal Digital aventam a hipótese de uma vitória do MPLA por maioria qualificada. (Fonte: AFRICA21)



Os pesadelos da
UNITA
(Crédito: ANGOLA DIGITAL)
Foi um pesadelo para Isaías Samakuva. O ex-vice-ministro da Comunicação Social do GURN, Graciano Tulumo, indicado pela UNITA, abandonou o partido e no “comício das multidões”, no bairro Benfica, no Huambo, apelou ao voto no MPLA, porque, afirmou, “a UNITA nunca foi capaz sequer de liderar a oposição”.
Se as eleições não chegam rapidamente, a UNITA pode deixar de ser o segundo partido em Angola. No mesmo comício, o deputado da UNITA, Mwanza Wa Mwanza, acompanhou o ex-vice-ministro Graciano Tulumo no apelo ao voto no MPLA. O responsável provincial pela Informação da UNITA no Bié, José Pedro Donana Diniz, abandonou o partido do Galo Negro, acompanhado de mais 70 quadros e militantes. Um dia que Isaías Samakuva tão cedo não esquece. Até porque, enquanto os pequenos partidos tudo fazem para ganhar visibilidade junto do eleitorado nos grandes centros urbanos, o presidente da UNITA anda perdido numa campanha porta a porta no interior da Huíla. Ngola Kabangu, no Huambo, atirou a toalha ao chão e disse que a FNLA vai ser o primeiro partido a assumir a derrota e a felicitar os vencedores. Pelo meio foi dizendo que o boletim de voto favorece o MPLA e, por isso, apresentou queixa à Comissão Nacional Eleitoral. Pelo menos Kabangu não confunde jogadores com árbitros. Mas ninguém percebe porque razão está a colaborar com a UNITA para denegrir o processo eleitoral e dar combustível aos habituais detractores de Angola. A campanha dos pequenos partidos está cada vez mais “fria”, embora o PRD esteja feliz com a sua capacidade de mobilização e fale em “formigueiros renovadores” à volta do partido.
O PAJOCA, em vez de assobiar para o lado e esquecer a operação “mãos livres”, insiste em justificar o injustificável e agora vem dizer que David Mendes quis que a Polícia Fiscal fizesse o papel do Banco Nacional de Angola e autorizasse a “transferência”, de mãos livres, ali mesmo no aeroporto. Ridículo. Mas pior é David Mendes ameaçar a Polícia Fiscal e o Jornal de Angola com acções judiciais.
VITOR BAÍA
NA HORA DA VERDADE

A Razão que assiste ao mais internacional, ao maior de sempre...eleito por entendidos e não por brasileiro casmurro, está a mostrar a dignidade, respeito e educação que Luiz Felipe, qualiades que o actual treinador do Chlelsea não tem. O que de bom fez pela selecção AA de Portugal, não apaga o fracasso ao nível dos "sub" e. muito menos a casmurrice de manter Ricardo... o tal que fecha os olhos ante o adversário.




quinta-feira, setembro 04, 2008

desporto
BRASIL

BRASILEIRÃO
KLÉBER PEREIRA em destaque
no SANTOS com 17 golos

O Santos finalmente saiu da zona de rebaixamento, e o Atlético Paranaense perdeu de goleada ficou em situação complicada.
O Flamengo foi a Florianópolis e fez 2 a 0, em lances em que os passes foram os destaques. O Figueirense tentou a reação, mas o rubro-negro fechou o jogo em 3 a 2. O Santos, pressionado pela má campanha no Brasileirão, não perdeu tempo
. Kléber Pereira fez os dois gols do Peixe e, agora, o atacante é o artilheiro isolado do Campeonato com 17 golos.
No Mineirão, Atlético Mineiro e São Paulo empataram em 1 a 1. O Goiás venceu o Atlético Paranaense de goleada.


Veja, em vídeo, os golos desta quarta-feira pelo Brasileirão. Entre neste link

http://g1.globo.com/bomdiabrasil/0,,MUL747689-16020,00-FLAMENGO+VENCE+FIGUEIRENSE+E+VOLTA+AO+G.html



(
Crédito: BOM DIA BRASIL-GLOBO)

quarta-feira, setembro 03, 2008

PEDRO MANTORRAS
voltou ao relvado
sob o olhar de Quique Flores




Neste apontamento apenas vos darei conta da situação que o "barão" do futebol angolano e jogador do Benfica de Lisboa, Pedro Mantorras, está a enfrentar no clue lisboeta, o clube cujos

adeptos o idolatram, num sentir que o "Menino do Sambila", bem merece... - ou não tivesse sido ele o salvador de muitas derrotas eminentes... com golos de última hora a marcar a sua garra.
Outros tempos, que não se esquecerão facilmente, mas a actualidade é bem diferente, uma vez que a suas mazelas são bem mais graves e muito mais difíceis de recuperar.

No entanto e apesar do pessimismo que pesa na minha opinião pessoal, a verdade é que o Mantorras, deixou ontem a fase no ginásio e passou para o relvado às ordens de Quique Flores, e a partir de agora passa a ser gradualmente reintegrado nos trabalhos "sem limitações", após mês e meio no ginásio, recordo, no rescaldo de umas férias em Angola sem cumprir com o plano determinado pelo departamento médico do Benfica. A recuperação do camisola 9 do Benfica e internacional angolano, sujeitou-o ontem, a um treino parcial para o reforço muscular em volta do joelho lesionado... e, no regresso ao relvado e ao reencontro com os colegas... Os sorrisos voltaram e a partir de agora passará a ser reintegrado progressivamente nos treinos até alcançar a disponibilidade total.
Eu penso que por muito que o Mantorras queira e se esforçe, por muito que no Benfica se faça pela recuperação do jogador, só um milagre recolocará Mantorras no estrelato do futebol português e na lista de convocados de Oliveira Gonçalves, mister angolano do Palanas Negras.
Aquele joelho já foi muito mexido, muito martirizado e o que havia a fazer já foi feito. Pelo menso é o que depreendo uma vez que o Benfica deixou de mandar Mantorras a Espanha. Desde o tempo do treinador Fernando Santos que nos ficou essa ideia. Penso assim, porque sem querer ser demasiado pessimista, o Benfica precisa resolver o problema de Mantorras, pois não esqueço que é um item contabilístico orçado em cerca de 50 mil euros mensais, uma parecela elevada, pois representa cerca de 600 mil anuais. Um investimento sem contrapartida para ser eternamente suportada como prejuízo... isto é, um contributo importante para o passivo do Clube... Bem, mas como o presidente Vieira, é um dos homens da lista dos portugueses mais ricos... e é o padrinho do "Menino do Sambila"... pode ser que... Oxalá!Acho que minhas meias-palavras desta crónica bastaram para bons entendedores.
- carlospereirangola@gmail.com


Charge

CAMPANHA NO LOBITO
DE APOIANTES
DO MPLA, no PODER

A cidade do Lobito, uma lingua de areia no prolongamento da cidade de Benguela, tem uma zona onde a água favorece a presença de flamingos, muitos flamingos que oferecem aos fotógrafos e amantes da poesia, motes para imagens e poemas lindos. A que aqui deixo, é uma montagem de promoção ao MPLA, que demonstra a UNITA - partido da oposição -, com o seu símbolo tradicional o galo, a caminhar sob muletas... charge engraçada e nada ofensiva que retirei do mail que me foi enviado por "Pensar e falar de Angola".